---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Realizadas Ações em Combate a Febre Amarela

Publicado em 10/09/2019 às 14:05 - Atualizado em 10/09/2019 às 14:05

Equipe da Vigilância Epidemiológica de São José do Cedro se reuniu com agentes comunitários de saúde.

O encontro aconteceu na manhã de segunda-feira, 09 no Centro Municipal de Idosos. De acordo com a enfermeira Jociele Delazere, o objetivo foi repassar aos profissionais o plano de ação para o enfrentamento da febre amarela em Santa Catarina e qual a ação que será desenvolvida frente a esse plano.

Jociele salienta que todos os municípios estarão realizando ações em combate à doença e a conversa com os agentes do município foi o primeiro passo em São José do Cedro.

A enfermeira explica que os Agentes Comunitários de Saúde estarão fazendo a conferência nas carteirinhas de vacinação para observar a situação vacinal da população. Essa conferência será feita durante as visitas domiciliares.

“Para uma ação mais eficaz, as pessoas vão responder um pequeno questionário, durante a visita da agente de saúde. É um formulário para diagnóstico situacional da febre amarela aonde nós vamos observar as pessoas que já tem vacina e se a pessoa não tem, vamos orientar a mesma para que procure a sala de vacina para regularizar e prevenir a doença”, destaca Jociele.

Os profissionais de saúde pedem para que a população já deixe a carteirinha de vacinação separada, em local de fácil acesso, assim possibilita que o trabalho seja feito mais facilmente.

Febre Amarela na Região

Foi confirmada a morte de macacos por febre amarela em municípios próximos da nossa região. Isso indica a circulação do vírus nessas regiões de mata. Lembrando que não é o macaco que transmite a febre amarela, a doença é transmitida pela picada do mosquito e o macaco é uma vítima. A morte desses animais é um alerta de que o vírus está próximo e a única forma de prevenção é a vacinação.

A Secretaria de Saúde pede à população, para que se encontrarem macacos mortos ou doentes, que informem à Secretaria imediatamente para que sejam realizadas todas as ações necessárias.

 

Cássia dos Santos/Assessoria de Comunicação