---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Aspectos Econômicos

Publicado em 20/08/2013 às 21:54

Como consequência do período pós-guerra, que acometia todo o Brasil, a indústria passa a se destacar lentamente na mão da aristocracia rural, com o apoio de capital estrangeiro, na época do então presidente da República, Getúlio Vargas. A indústria brasileira voltou-se para substituir os produtos manufaturados, ao mesmo tempo em que incentivava a ocupação de todo território nacional, como forma de controlar fronteiras.

A colonização de São José do Cedro, em seus primeiros anos, encontrou muitas dificuldades para o seu desenvolvimento, longe dos grandes centros hospitalares, comerciais e culturais. Os primeiros colonos precisavam viver em condições precárias, frente a um lento e progressivo desenvolvimento. O objetivo da maior parte dos colonizadores era a busca de melhores condições de vida.

São José do Cedro, área coberta por florestas das araucárias, principal motivação da empresa Barth, Benetti & Cia Ltda, constituída para fins de comercialização da madeira, foi sem dúvidas sua principal atividade econômica. A madeira era extraída das demais matas da região e, depois, transportada pelos rios até a Argentina.

Por esta região ser rica ma extração da madeira, por volta de 1950, instalou-se a primeira serraria, de Alcides Volkweis, dando impulso ao desenvolvimento das localidades de SJCedro, facilitando aos pioneiros o fornecimento da madeira, indispensável para a construção de suas residências. Com o desmatamento, vão surgindo a agricultura e a pecuária. Nesta mesma época, instalou-se a primeira casa de comércio, de José João Grando. O estabelecimento servia também como hotel, dando hospedagem a todos que passassem algum tempo no local.

Em 1952, Eugênio Schneider e Beno Nós, instalaram mais uma casa de comércio no local, com maior diversidade no ramo. Passaram a comprar produtos coloniais, principalmente suínos. Estes eram transportados para Marrecas, hoje Francisco Beltrão,  no Paraná. O fumo em folha era comercializado em Guaraciaba. No mesmo ano, realizou-se a abertura da estrada atual, que liga Dionísio Cerqueira a Mondaí, proporcionando melhores condições de tráfego e permitindo um melhor escoamento comercial.

O primeiro posto de combustível foi instalado pelos Irmãos Toigo Ltda, em 1956.

Em 1970, surgiram as primeiras indústrias, ISMA e ISOL, de Balduino Schneider.